02/03/2011

Bahia terá mais de 4,9 mil vagas na área de petróleo até 2013

Com as descobertas de novos poços de petróleo no País, os próximos três anos devem ser promissores para os profissionais que estão investindo na área. Entre 2010 e 2013, a Petrobras prevê a geração de 99.207 empregos no Brasil, sendo que, segundo especialistas do setor na Bahia, pelo menos 5% dessas oportunidades devem ser destinadas ao Estado. Ou seja, serão pelo menos 4.960 vagas para técnicos, tecnólogos e profissionais de nível superior.


“Estão previstos investimentos vultuosos no Estado e isso deve gerar aumento nos postos de trabalho. Tem muita empresa nova se instalando na Bahia, além da Petrobras. Pelo menos 5% dos novos postos de trabalho do País devem ser criados na Bahia”, afirma o coordenador do comitê de petróleo e gás da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Eduardo Rattel.


Carência de profissionais

Segundo ele, a maioria das vagas deve ser destinada a profissionais de engenharia, sobretudo de petróleo, geofísicos e geoquímicos – com salários acima de R$ 5 mil, além dos técnicos, com remuneração a partir de R$ 2 mil. Por outro lado, a dificuldade de encontrar mão de obra especializada é uma reclamação constante dos empresários.


“Oferecemos os melhores salários das engenharias, justamente pela carência de mão de obra. Ficam entre 30% a 50% acima dos valores do mercado“, avalia o presidente da Redepetro Geraldo Nunes de Queiroz.


A empresa de engenharia atuante na área de petróleo e gás Jpnor está recrutando cerca de 120 profissionais entre engenheiros e técnicos de diversas áreas. A remuneração para nível superior varia entre R$ 8,5 mil e R$ 15 mil, enquanto os técnicos ficam entre R$ 6 mil e R$ 8 mil.Os interessados devem enviar currículo para o email cvadm@jpnor.com.br.


Atuando na área de soluções e deslocamento de fluidos, a Fluxtécnica também pretende contratar cerca de 20 engenheiros com mestrado ou doutorado nas áreas de construção de motores ou compressores até o meio do ano. “O investimento para este é de R$800mil em contratação de pessoal especializado”, informa o diretor João Paulo Paschorelli. Inscrições pelo email engenharia@fluxotecnica.com.br


Fonte: Jornal A Tarde

9 comentários :

  1. Essa matéria foi veiculada no jornal "A Tarde" de Salvador.
    Eu não levo muito em consideração as matérias divulgadas nele. Conheço bem a situação no meu pobre estado, que tem o pior índice de desemprego em todo o país. Alguém acredita mesmo que um técnico aqui na Bahia ganha R$ 6.000,00 por mês?
    Confira o caderno de empregos deles nos domingos. Está escrito lá na capa dele que estão anunciadas 5 mil oportunidades de empego. Quando vc abre pra ler, se vc excluir os anúncios de cursos, oportunidades para vendedores e costureiras, não sobra praticamente nada.
    A cada dia vai ficando mais escasso. E as oportunidades que raramente aparecem é pagando R$ 750,00 no máximo, pra um profissional que tem que ser o "cão chupando manga" de tão experiênte.
    Já estou tratando de cair fora da minha querida Bahia.Já já dou adeus ao nosso querido jornal a tarde.
    Lastimável....

    ResponderExcluir
  2. O Anonimo aí em cima tem razão. Carioca morando em Salvador há 15 anos tenho visto o mesmo que ele narrou.

    Infelizmente, aqui no nordeste, e não somente na Bahia, eles só dão valor a quem vem do "sul maravilha".

    Mas, que as oportunidades existem é fato. a JPNOR está de contrato novo para fazer engenharia de projetos para a Petrobras e outras.

    Abraços e Boa Sorte a Todos!

    ResponderExcluir
  3. Mais matéria insana, insensata e viajante, tal como a da Veja recente.

    ResponderExcluir
  4. Kateryne Hambergerdomingo, março 06, 2011

    Apenas estamos divulgando a matéria, partimos da premissa que seja verdade o que é divulgado nela. Por isso está escrito a fonte.

    ResponderExcluir
  5. anônimo 2
    tem vaga pra tecnologo?

    ResponderExcluir
  6. Cabe a cada um passar um filtro nas notícias veiculadas na web. Por isso esse campo de comentários, para quem puder contribuir, utilizá-lo. De qualquer sorte, muitas oportunidades surgirão no País, para isso as pessoas devem estar preparadas, devidamente qualificadas, senão perdem as vagas para os gringos, que estão de olhos abertos no tão bem internacionalmente falado "Pré Sal".

    ResponderExcluir
  7. Existe tecnico no polo petroquimico de camaçari ganhando 6mil sim. Alguns conhecidos ganham proximo a isso e outros mais. A realidade da industria de petróleo eu não sei, pode ser que o tecnico não esteja tao bem remunerado.

    ResponderExcluir
  8. Bahia ainda provinciana, obrigados a se contentar com baixos salarios, sulistas menos experiêntes que nós aqui ganhão muito mais.Sair da provincia e passei alguns anos em SP quando voltei aumentei muitas vezes o mesmo.A capacidade das empresas em explorar os Nordestinos, a falta de valorização, a discriminação, e a aceitação de quem vive no nordeste, por isso tudo e achar que é assim mesmo somos pobres. Por nos contentar. Por aceitar, por não lutar, exigir.

    ResponderExcluir
  9. Tenho mais de 13 anos que trabalho na área de perfuração e elevação de poços de petróleo com empresas multinacional, hoje trabalho em Macaé por falta de opção de trabalhar na Bahia, tenho experiência no exterior vários cursos que se eu colocar em meu currículo dar no minimo 5 páginas, e no entanto não consigo voltar para Bahia porque os salarios que estão oferecendo esta fora da realidade do mercado no Pais. recebi uma proposta de 1200 reais, isso não paga nem o leite do meu filho. hoje aqui em Macaé consigo tirar um salario de mais ou menos 10.000 , alem de poder ficar 15 dias em casa desfrutando do que ganhei com minha afamilia. por 7000 na carteira mais 50% volto para Bahia.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...